Jeová Nissi vê preconceito religioso em protestos contra indicação a teatro


Jeová Nissi vê preconceito religioso em protestos contra indicação a teatro

Por: Gospel Prime

A Cia Jeová Nissi foi citada por Roberto Alvim, diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, para ganhar o teatro federal Glauce Rocha, no Rio de Janeiro. A indicação não foi aceita pela classe artística, inclusive com manifestações na porta do teatro, dizendo que “teatro não é igreja”. A Cia Jeová Nissi está em cartaz no Rio de Janeiro com a peça “Rua Azusa O Musical”, que em São Paulo foi assistida por mais de 90 mil pessoas. Ao ver sua companhia estampando manchetes de vários jornais, o diretor Caique Oliveira ficou assustado e viu que os protestos contra eles se dá por preconceito religioso. “De repente, a Nissi está em todos os jornais. Artistas dizem que, se entrarmos, vai ter resistência na porta. A gente não quer isso”, disse ele à Folha de São Paulo. “Depois de estarmos consolidados com tanta credibilidade, parece que nos tornamos uns lunáticos querendo transformar um teatro em igreja”, completou ele. Alvim também vê os protestos como preconceito religioso, destacando o trabalho artístico do grupo evangélico que foi o grande vencedor do prêmio Bibi Ferreira na categoria Revelação em musicais (Foto: Vinicius Sundfeld / Divulgação)